quarta-feira, 10 de novembro de 2010

''Cuide bem do seu amor, seja quem for''

O amor é engraçado.. Ele te faz ter ciúme, raiva, ódio, felicidade. Você conhece alguem na fila do banco, nas festas do colégio, ou até mesmo no super mercado. Você mal sabe, mas ali está seu futuro. Limpo e fresquinho, esperando você dar abertura, você se aproximar. Desde pequenos nos fazem acreditar que temos uma alma gemea solta por ai, que mais cedo ou mais tarde, vira realidade. Tem gente que vira psicopata por isso, pergunta para qualquer um na rua se será sua alma gemea, outros, nem bola. Você conhece alguem. Se apaixona. Momentos juntos se tornam interminaveis, a coisa fica séria. Você mesmo reconhece que o ama, de verdade. É errado amar demais, porque dói. Mas e dai? Nada passa ileso. Ele te faz cócegas em cima da cama, enquanto você da a risada mais profunda, querendo guardar tudo. Ele te protege. Você o protege. Quando dorme, pensa nele ''sera que pensas em mim?''. Quando acorda e toma seu gole de café, pensa ''será que sonhou comigo?''. Pode ser um amor distante, um amor próximo, um amor do passado. Todos foram tratados com ternura, intensidade. E hoje você senta do lado do seu AMOR e junto dele relembra, todos as dores passadas, até a peça que faltava no seu quebra-cabeça chegar.

4 comentários:

  1. Adorei este post! O amor é assim mesmo, aparece sem avisar...
    Parabéns pelo blog*

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que lindo! É tão verdade... O amor em demasia machuca, mas a gente não liga. Amar está em quem somos. Amar está na nossa natureza. Lindo!

    ResponderExcluir
  3. lindo lindo. Amar demais dói, mas quem nunca amou, e se machucou?

    ResponderExcluir
  4. bom post! Realmente bom, to seguindo ;D

    ResponderExcluir